Rede 4G: beta | Podcast | PS2 | Wii | x360 | PS3 | Mobile | PC

O 4games é um blog sobre videogame fundado por dois indivíduos que se conheceram na faculdade de Publicidade e Propaganda e que têm uma coisa em comum além da formação acadêmica: o gosto por boas horas de jogatina diante de polígonos ou frames animados controlados por comandos de joysticks.




Vivard
Depois de jogar Atari nas casas dos amigos, quando tinha uns oito anos seu irmão chegou em casa carregando um Phanton System com Pitfall. Depois de passar por vários fliperamas (pedindo dinheiro pra mãe pra comprar doce, mas gastando-o com fichas), evoluiu comprando um Sega Genesis 3 e fazendo a alegria do povo da ProGames. Em algum momento dessa época sua família comprou um PC e os Prince of Persia da vida já eram destroçados.
Quando estava com doze anos, seu irmão (outro) abriu uma locadora de videogames (Forgames... dã) pra ele largar a mão de ser vagabundo e trabalhar ( ! ) nela. Nessa época, a criança Vivard jogo tudo que existia de mais moderno, Sega CD, 3-DO, Neo Geo CD (loading...), até que a locadora virou loja (somente venda) e ele passou por SNES, Sega Saturn e N64, sempre se desfazendo de um pra comprar o outro, até que a loja fechou.
Depois de algum tempo meio desligado do mundo dos games, comprou um DreamCast (que estava barato na época) e fez a farra com praticamente todos os jogos bons que existiam para o console pagando mixaria por eles.
Trabalhando muito, ganhando pouco e pagando muito de faculdade, o PS2 era uma meta inalcansável, até que o dito-cujo teve uma queda de preço considerável. Comprou o infeliz e se desfez do DreamCast e passou a aumentar sua gameteca de PS2 de maneira inconsciente até que resolveu pegar um Xbox 360 (o Wii já tinha sido adquirido nesse meio-tempo) e vendeu o PS2 com uma caralhada de jogos... sorte do ser que comprou o pacotão. Ainda com o X360 ele comprou um PS3 e manteve os dois por um bom tempo, até passar console da Micromole para frente e ficar só com o PS3.

Shinkoheo
Publicitario, Designer, Cabeça dura,
Preferencias: Arcade, 2D e Porraloquices. Não gosta de pensar pra jogar, palavras dele "RPG é o Caraio!".
Uma históra de vida ...
Aos sei lá quantos anos ganhou um Atari e só jogava a porra de um jogo de hamburger que tinha que por o ketchup e mostarda, e um de uma menininha que tinha que subir numa pirâmide ("eu odiava esse", diz o pobre Shinkoheo). Evoluiu pro Master System, com Alex Kid na memória, odiando aqueles urubus filhos da puta e tendo a moto como seu sonho de consumo no jogo. Depois foi tudo pro saco quando conseguiu seu PC, onde só jogava Pinball Fantasies e Wolfeinstein 3D, com a bagaça evoluindo pra Doom e Duke Nukens paralelamente às jogatinas na casa de amigos sempre que 'faziam' trabalhos da escola. Aí, MK, Street Fighter, Final Fight, Killer Instincts e Rock Roll Racings imperavam também com alguns arcades, como Metal Slug e Cadillac & Dinossaurs, que eram de praxe em festinhas em buffets e qualquer buteco perto da escola.
A bagaça evoluiu com a invenção do emulador de PC, aí desbanca tudo, não tem SNES, nem Mega Drive, era vício ficar na internet discada baixando rom e o caraio, até que um belo dia surgiu o Playstation. Comprou ele e a porra de um amigo seu pegou um N64 e vivia tirando sarro da sua cara "o meu é o dobro do seu!", mas até aí, "o meu tem centenas do jogos a mais que o seu e tem CGs, seu otário ahuuhauhauahua!!!!" Bom, aí já dá pra imaginar... fugia da escola pra comprar jogo na Galeria Pagé até o dinheiro do lanche sumir. Tinha de tudo e, ao contrário do Vivard, tem até hoje uma centena de jogos de PS1 que não se desfaz nem fodendo.
Cresceu, começou a trampar, e o primeiro milhero e meio que juntou foi com ele dentro da meia para a Santa Ifigênia pra ser torrado no seu PS2, que veio com GTA VC e 007 Nightfire, daí pra frente está nessa ainda, ocilando entre PS2 e PC, com Postals, Vice Cities customizados, Mugen, Emuladores... ah, e ele trabalha também, hauaHAUHAUHA.

Quem colabora com essa porra?
Lio
Um carioca muito gente boa que passou o seu perfil pra gente e nós enrolamos tanto pra publicar que acabamos perdendo, hehe!!! Manda de novo aê, meu querido!!

McFly
Esse nem chegou a mandar o perfil, mas esse apelido é justamente o que você tá pensando: chamaram ele de franguinho na escola e ele achou ruim, hehe. E o desgraçado está tão sumido que a gente nem sabe se ele ainda está vivo!

Posted by Vivard 10:02  

4 Comments:

  1. Anônimo said...
    È ISSO BROS...ESTES GAME DO CARALHO JÁ FAZ PARTE DA VIDA DE BASTANTE GENTE...EU SOU VICIADO NESTES TROÇOS DESDE DE MEUS 6 ANOS DE IDADE...VCS LEMBRAM DO GAME AMIGA???...AQUELE TECLADÃO FILHO DA PUTA DE PESADO QUE VC INSTALAVA NA TV...ENFIM, JÁ JOGUEI DE TUDO E TENHO UMA PORRADA DE CONSOLES E UMA BURDUADA DE GAMES E ANO PASSADO MINHA NOIVA ME PERGUNTOU SE EU GOSTAVA MAIS DELA OU DOS GAMES (A FDP ESTAVA CARENTE)...HAHAHAHAHAH...FUDEU...COPREI O XBOX 360 E TENHO GASTAR DE VEZ ENQUANDO COM UMAS RAPARIGAS DE SAO JOSE DOS CAMPOS - SP, POIS A MINHA MULHER FOI EMBORA...HAHAHAHA...SÓ ALEGRIA...BOA SORTE MANOS E PARABÉNS PELA QUALIDADE DAS INFORMAÇÕES POSTADAS.

    EDMILSON SANTANA

    edmilsonpq@ig.com.br
    Vivard said...
    Opa, valeu, velho!!

    Eu conheço o Amiga sim, jogava na casa de um amigo meu que, na época, trocou o Top Game dele por um Amiga, hehe.

    Pô, cara, eu curto videogame pra kct, mas eu ainda prefiro mulher!!! hahaha

    falou! abç!
    Johnny Rider said...
    opa coloca eu como colaborador...hehehehe
    Anônimo said...
    de mastersysten for nitendo seguido de 64 mudando para pc atualmente estagnado no xbox360 jogar jogar jogar, cara d+ 0 podcast parabens pelo trampo ai de vcs para animar a net por aki :D

Post a Comment